Viagem ao Exterior: Você Sabe o Que Fazer em Caso de Perda ou Roubo do Passaporte?

As viagens internacionais têm sempre um sabor bem mais especial do que quando viajamos dentro do Brasil. Mas você também pode passar por momentos de puro perrenho durante a viagem. É o caso de você ser roubado(a) e levarem os seus documentos, ou mesmo a perda deles, é sinônimo de uma boa dor de cabeça. A coisa fica ainda pior se isso ocorre em uma cidade que não têm representação consular do Brasil, ou ocorre em no final de semana ou feriado no país do destino.

A primeira dica para evitar essa  dor de cabeça, talvés seja tirar um cópia do seu documento e deixar o original no cofre do Hotel. Se em todo caso tiver de levar o documento original consigo, que tal uma pochete amarrada ao corpo com todos os documentos e cartões de créditos?

Para tirar um novo documento, diriga-se sempre ao consulado, eles são os responsáveis para resolver o problema, mesmo que a cidade onde você está tenha também uma embaixada. Esteja prparado(a) para gastar uma boa quantia em dólar e nunca conte com serviços de emergência, ele não existe para documentos perdidos no exterior. Um outro fator importante, a validade do novo documento vai depender de quem o atende no consulado. As vezes esse tempo de validade é reduziddo.

Procedimentos em caso de perda ou roubo do Passaporte.

A primeira coisa a fazer é se dirigir até um posto de polícia local e fazer um boletin de ocorrência. De posse desse  documento de declaração de perda ou rouba, o consulado ou embaixada é o próximo passo.

O valor a ser cobrado no orgão do governo é sempre o dobro do que você pagou. Hoje $160 mais taxas que devem ser adionadas para cada país.

Os meses de dezembro, janeiro e julho, são os mais demorados na emissão de passaportes, por serem meses de férias. Isso quer dizer que em alguns casos a sua vigem poderá haver atrasos e isso também acarretará outros gastos extras com remarcação de bilhetes.

Dependendo do tipo de bilhete que você comprou, como os da classe econômica por exemplo, ao ter de remarcar uma passagem, terá de pagar a multa prevista nas condições gerais da companhia aérea. O fato da perda de um passaporte, não justifica a isenção desta dispesa. Agora se você tiver um bilhete tarifa cheia, executiva ou primeira classe por exemplo,  é provavel que não haverá multa para remarcação.

Os seguros de viagens em alguns casos podem te ajudar neste processo. Eles o ajudam com assistência pelo telefone e até envio de dinheiro para custear essas dispesas extras. Na  volta à sua cidade, há que reembolsar o seguro.

Ao adquirir um seguro de viagem, procure se informar sobre todas a coberturas que abrange. Alguns seguros tem cobertura para auxílio em caso de perda de documentos, outos apenas assistência por telefone.

Se você têm outras dicas, dê a sua opinião na caixa de comentário.

 

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!