Consulado Americano: Como foi a Sua Entrevista?

Eu acho muito importante a opinião das pessoas que passam pelo crivo dos entrevistadores no consulado americano. Já divulguei alguns relatos de pessoas que passaram por essa experiência.Hoje, mais uma vez, trago as dicas do Felipe, de São Paulo, que durante a sua preparação para pegar o visto, fez parte dessa comunidade, e hoje voltou nos contando a sua experiência, que pode servir para você também.

Você quer conhecer o nosso passo a passo para tirar o visto de viagem?

Leia como foi toda a entrevista do Felipe, no Consulado americano de São Paulo.

Olá João,

Fui para a entrevista hoje no consulado de São Paulo e volto aqui para dar o meu relato. Estava agendado par as 11:00. Peguei a primeira fila(do lado de fora às 10:15 e saí de lá às  12:00, estava lotado). A sequência da entrevista foi mais ou menos assim!

Legenda: AC (Agente Consular), EU: Eu hehehe

AC: Bom dia! para onde vai?

EU: Bom dia! eu vou para Miami!

AC: A lazer?

EU: sim! porém eu sou Agente de Viagem e o lazer acaba sendo trabalho também!

AC: Você trabalha?

EU: Sim, em uma agência de Viagens!

AC: E o que você faz lá?

EU: Sou agente de Viagens!  =P

AC: Quanto tempo faz que você trabalha nessa empresa?

EU: 2 anos e  8 meses!

AC: Você é formado em quê?

EU: Turismo

AC: Solteiro?

EU: Sim.

AC: Mora com quem?

EU: Divido apartamento com um amigo!

AC: E os seus pais? o que fazem?

EU: Minha mãe é aposentada e o meu [pai já faleceu!

AC: Qual a sua renda?

EU: R$1.900,00! Estou com os comprovantes aqui se o Sr. quiser dar uma olhada!

AC: Não, Obrigado!

AC: O quê a sua mãe fazia antes de se aposentar?

EU: Era costureira!

AC: E o seu pai?

EU: Mecânico!

Nessa hora, um outro agente consular o interrompeu e ficaram alguns minutos conversando sem que eu pudesse escutar.

(voltando)

AC: Quando o seu pai morreu?

EU: Em 2007

AC: Você mora com a sua mãe?

EU: Não, divido um apartamento com um amigo!

AC: Você conhece alguém nos Estados Unidos?

EU: Sim, tenho um amigo lá!

AC: Como se conheceram?

EU:  Ele é Piloto e nos conhecemos em um evento no hotel em que ele estava hospedado. Ele viaja frequentemente para o Brasil.

AC: Você já viajou para outros países?

EU: Sim, Chile, Bolívia e Argentina!

AC: Você já foi para os Estados Unidos?

EU: Não!

AC: Onde você mora?

EU: Em SP

AC: Você já foi para os Estados Unidos?

EU: Não! eu já tive um visto, mas nunca fui lá!

AC: Quanto tempo faz que você trabalha nessa empresa?

EU: 2 anos e 8 meses! (again)

AC: Quando você viajou para os outros países, você foi a lazer ou a trabalho?

EU: Lazer!

AC: Ok, o seu visto foi concedido! Boa Viagem!

Ele não pediu NENHUM DOCUMENTO, porém fez mais perguntas do que o normal. levei uma pasta cheia de docs e já estava ensaiando para oferecer alguns papéis que eu julgava importante e que não tive a oportunidade de mostrar da outra vez quando negaram o meu visto. Mas não precisou! Eles não perguntaram sobre o meu visto negado e nem sobre o imposto de renda. Senti que um dos fatores determinantes para ele aprovar o visto foi as viagens internacionais que eu fiz, pois ele conferiu os carimbos no passaporte!

As dicas que eu acho que são importantes:

1. Não desvie o olhar do rosto do agente consular, mesmo que ele não olhe pra você.

2. Não pense muito para responder

3. Responda com  firmeza e clareza

4. Vista-se bem! mas tome cuidado para não exagerar(crianças e adolescentes de terno e gravata, não cola – vi alguns casos lá)

5. Mantenha a calma! Não gagueje, não trema e tente ser simpático(por mais difíceis que essas coisa sejam, elas fazem muita difer6encia.)

As dicas que peguei aqui no Blog me ajudaram bastantes João! Muito obrigado!

Voltando para complementar  sobre a entrevista do Felipe. Vocês podem perceber nesta entrevista do Felipe, e isso acontece em todas as entrevistas,  que eles(os entrevistadores), repetem muitas das perguntas. Isso é uma tática para confundir você. Não cai nesta armadilha. Como o próprio Felipe mesmo diz, e ele está certo, seja firme e rápido em suas respostas, sempre olhando no olho do entrevistador. Isso lhe dar confiança e deixa o entrevistador certo de você está falando a verdade.

E você, como foi a sua entrevista?

 

 

 

5 Comentários

  1. Paula disse:

    Mas acho que dinheiro na poupança infelizmente não prova nada, pois não tem lugar algum no formulário para você preencher este valor, só a renda.. também estou passando por uma situação parecida, vou pleitear o visto agora no dia 29/10, eu e meu esposo iremos, temos uma vida confortável, somos empresários e temos várias comprovações de renda, mas queremos levar meu irmão na viagem e ele tem uma renda baixa R$ 1.500,00, e já teve o visto negado numa outra vez.. a esposa dele já tem visto e já foi várias vezes para o exterior.. tentaremos o visto dele junto comigo e meu esposo e nós que pagaremos a viagem para ele e estamos indicando isso, e temos uma poupança boa … mas só poderemos provar este valor da poupança se o entrevistador pedir para mostrarmos.. senão é quase em vão.
    Assim que voltar de lá virei postar como foi nossa experiência, que espero ser positiva!

  2. Maria disse:

    Olá tenho visto americano, já viajei p os EUA , mais meu marido não, ele vai tentar tirar agora, ele não declara IR e nem eu, pois de acordo c a nossa renda não há necessidade, ele recebe no hollerite cerca de 700,00 e eu 1.300, ele não possui imóveis ou automóveis no nome dele, mais eu possuo tanto carros quanto imóveis, e tenho um bom valor na poupança! A mãe dele é pensionista e recebe cerca de 12.000 por mês, ela vai começar a declarar IR só esse ano o pai dele faleceu a pouco tempo e era isento de IR. Tem chances do visto dele ser aprovado?

    • Olha Maria, todo mundo têm chances. É claro que com esse salário a coisa fica mais difícil, mas como você têm o seu e já viajou pra lá, têm uma luz ai. Porém ele vai ter de tirar o visto sozinho. Vc precisa fazer uma ponte ai para apresentar o seu passaporte no dia da entrevista dele. junte os seus documentos aos deles para facilitar as coisas. Inclua imóveis e investimentos em dinheiro, cartões de crédito, caso eles o peçam alguns comprovantes. É mais ou menos isso!

  3. Ca disse:

    Eu e meu marido queremos levar nossa filha de 6 anos para a Disney, precisamos tirar o visto, mas meu marido nao está trabalhando no momento. Ambos declaramos IR, o financiamento do apto está no nome dele, o carro no meu.Temos uma poupança que nos levará a US com muito conforto. Eu trabalho e tenhos todas as declarações necessárias. Será que teremos dificuldades? Desde já agradeço sua atenção, Ca.

    • Ca, fato de eles está desempregado, definitivamente não é bom, porém você têm uma bela poupança e trabalho fixo além do IR e imóveis no seu nome, isso favorece muito pegar o visto. Só não pode ficar vacilar na entrevista, o que deve ser feitos com os dois presentes! não será complicado para vocês!

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!