Planejamento de Viagem: Como Economizar em Viagens Internacionais em Época de Dólar mais Caro.

Você sabe como economizar em viagens internacionais, em época de dólar mais caro? Isso não é uma tarefa fácil nem mesmo para os viajantes mais experientes, imagine você que está indo ao exterior pela primeira vez, não fez um planejamento de viagem, não sabe se é mais atrativo para o seu bolso, levar cartões de crédito internacionais, cartão de débito, cartão de crédito pré-pago, ou dinheiro em moeda do país que você vai visitar. Só para acrescentar, as moedas mais usadas em viagens ao exterior, é o dólar americano e/ou euro, se você for para Europa.

Planejar uma viagem, seja no Brasil ou para o exterior, é a primeira coisa que você pode fazer para não gastar muito. Olha que falo isso por experiência própria. Já viajei com planejamento e sem planejamento, e a diferença pode chegar a 30 ou 40% na economia, quando você antecipa o seu roteiro, reservas de hotéis e carro, além da escolha da forma de pagamentos, quando a viagem for internacional.

Vamos ver outras dicas de planejamento: dólar em moeda, cartão de crédito, cartão pré-pago, cartão de débito.

_Comece a comprar o dólar(a moeda) com bastante antecedência, comprando aos poucos, pois aqui você pode ganhar no câmbio(que é a primeira grande vantagem), ou pelo menos, não vai ter de desembolsar uma grande quantia em dinheiro da sua conta, se deixar para comprar quando estiver embarcando. Já pensou nisso?

_Quanto ao cartão de crédito, a melhor escolha são os pré-pagos e os cartões de débitos, pois o imposto de IOF é de 0.38%, enquanto que o cartão normal têm um imposto de 6.38%, podendo pesar no seu orçamento de viagem.

_É muito recomendado você fazer um seguro de viagem internacional antes de embarcar. Este é o item mais importante para quem quer viajar tranquilo, por várias razões; o seguro têm várias tipos de cobertura, que vão desde uma visita ao médico, ou dentista, a internações hospitalares, em casos mais graves. Além disso, você pode contar  assistência financeira em caso de roubo de documentos, extravio de bagagens. Já pensou se você for pego de surpresa em uma acidente ou um enfermidade repentina e no final tiver de arcar com a conta do hospital. A sua dor de cabeça pode durar anos, se não tiver um seguro. Mas se comprar um não vai pagar mais do que uns R$300, compre essa idéia na sua próxima viagem!

_Você também precisa está atento ao que vai comprar lá fora. É grande a tentação dos brasileiros comprar muito e voltar para casa abarrotados de artigos importados. Mas essa conta pode ficar ainda mais salgada quando você chegar a alfândega no Brasil se não souber o que paga e o que não paga imposto. A sua cota é de apenas $500 se chegar por via aérea e $300 por terra ou água. Porém existem alguns artigos que estão ausentes desta cobrança. Se certifique lendo as regras da Receita Federal, antes de sair comprando tudo o que ver pela frente e, no final ter de pagar ainda mais pelo mesmo artigo.

Se quiser ler mais sobre o assunto, têm um material bem interessante da Julia Wiltgen da Exame, onde ela aborda vários pontos de um bom planejamento de viagem.

Se você gostou das nossas dicas, deixe um comentário!

 

1 Comentário

  1. Pingback: viagens ao exterior

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!