Presente de Fim de Ano: Governo Aumenta IOF para Pré-Pagos.

O governo Federal não perde a chance de meter a mão no seu bolso. É tão pouco o que já é arrecado, na atualidade, que mais uma vez ele vai fazer a sua viagem internacional ficar ainda mais cara. Como estamos nos aproximando de 2014, férias, e muita gente se preparando para àquela viagem ao exterior. Foram meses, e até anos para muita gente economizando dólar a dólar, e aqui está o presente de fim de ano do Governo Federal.

Primeiro veio o Aumento do IOF nos cartões de crédito, há algum tempo atrás. Mas por não está contente, hoje, o seu governo anunciou a mesma alíquota de 6.38%, também para os cartões pré-pagos, que antes lhe taxava apenas 0.38% nas transações feitas no exterior. Acabou a farra para quem optava por essas modalidade, que era saudável para o seu bolso.

Como Evitar Pagar muito IOF nas Compras no Exterior?

Você Pode Eliminar o IOF em Compras no Exterior com o Paypal

Não mais 0.38% em compras no exterior, nos pré pagos. E o que você deve fazer daqui par frente?

Não resta mais muitas opções, você vai pagar a conta de qualquer forma. Sabe qual é a melhor dica? Comprar a moeda e juntar durante a programação da viagem. Mesmo o dólar estando beirando os R$2.40, ainda assim será melhor viajar com cash, do que usar os cartões de crédito e débitos.

Pelo andar da carruagem, pense comigo… Do jeito que as coisas andam, em breve, o governo vai passar a taxar também, você, ao comprar o dólar moeda, para viagem internacional. Pois se a idéia era manter os pré-pagos com a alíquota de 0.38%, para facilitar a vida das pessoas em viagens pra fora do Brasil, porque agora muda-se a regra do jogo? porque o brasileiro é trouxa, né?

Mas a coisa não para por ai. Todas as transações, tais como; saques em moeda estrangeira, compras e pagamentos em débito, e conta corrente, terão a mesma alíquota, que é bastante alta. Vai cobrar também as recargas dos pré-pagos American Express Global Travel, MasterCard Travel e Visa Travel Money, só para citar os mais populares, terão cobrança de 6.38%. É mesmo um presente de final de ano.

Como medida de urgência, essa norma será publicada ainda nesta sexta-feira, dia 27 de dezembro de 2013, em edição extraordinária do Diário Oficial. Foi um decreto assinado pela Presidenta Dilma.

Só temos a dizer, feliz ano novo aos brasileiros viajantes!

Ah, voltei para uma outra informação muito importante. Como a tendência agora é o brasileiro voltar a viajar com os bolsos cheios de dinheiro, vale lembrar que existem restrições, e é bom você ficar ligado antes de comprar no paralelo. O valor máximo que você pode levar é de R$10.000, ou equivalente em moeda estrangeira. Lá fora, também precisa declarar na alfândega, logo no desembarque, se você têm valores superior a 10.000 dólares ou Euro.

A Receita Federal têm um formulário que precisa ser preenchido antes da viagem. Ele se chama Declaração Eletrônica de Bens de Viajante(e-DBV)

 

 

 

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!