Fim do Serviço de Bordo Gratuíto da Gol

Quem hoje está na faixa dos 30 anos de idade, deve lembrar que voar nos anos 80 e 90, era sinal de prestígio para a classe mais abastarda. Sim, isso pode ter sido verdade, pois os preços das passagens eram um pouco mais caras. Também naquela época o passageiro pagava antecipadamente pelo serviço de bordo, que era de primeiríssima. Tanto ,Vasp, Varig e Transbrasil, ofereciam o que havia de melhor durante os seus voos. A Varig, por sua vez, foi considerada a companhia aérea com o melhor serviço de bordo do Mundo, por anos seguidos. Outrora não volta mais.

Desde o início dos anos 90 que a coisa vem mudando aos poucos. Naquela época eu já havia observado que enquanto nos EUA, alguns serviços eram cobrados pelas companhias aéreas de lá, aqui no Brasil, as nossas companhias ainda se davam ao luxo de oferecer todas as guloseimas e bebidas grátis. E isso perdurou por muitos anos ainda.

É, mas a coisa está mesmo acabando. Cada vez menos serviços de bordo são oferecidos para os passageiros. Mas isso não é somente no Brasil não. Empresas aéreas como a Européia de baixo custo Ryanair já pratica esse sistema a muitos anos. Têm passagem barata, mas não têm serviço de bordo. Que você prefere?

O fim do serviço de bordo gratuito da Gol, foi decretado ontem pela companhia aérea que pretende sanar os seus problemas financeiros. Em 2012, os prejuízos chegaram a R$1.5 bilhão, e o caminho para enxugar essa dívida, é cortar os serviços de bordo, para todos os voos da companhia aérea. A partir de agora, você terá direito a uma garrafinha de água, mesmo assim, se pedir.

Ao custo de R$10, você ainda pode solicitar aquela bandeja nas versões café da manhã e lanche. Que são as versões saudáveis e tradicionais(é mesmo?), que devem ser pagos em dinheiro, somente. Esqueça aquele pacote de amendoim, água e refrigerante, que até a semana passada ainda era possível receber. Agora a companhia vai manter em seus voos, 26 kits para cerca de 150 passageiros por voo, em média. E elas são vendidas, que fique bem claro, ao custo de R$10.

Fonte: Folha

 

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!