Para Conhecer a América, Seja um Viajante, Não um Turista!

Para conhecer a América, seja um viajante, não um turista, é o título de uma matéria que saiu no New York Times deste domingo, o qual eu recebo aos sábados, na minha casa. Achei que poderia ser interessante para quem gosta de viajar de carro e explorar novos destinos, que é o meu caso, fazer um comentário aqui no blog sobre esse assunto. Se pudesse só viajaria de carro, pois é a forma de você realmente conhecer os lugares e a cultura das regiões por onde se passa. Diferentemente de quando você viaja de avião, o que a matéria classifica como um turista. Pra você, qual é a diferença entre um turista e um viajante?

Os Estados Unidos, assim como o Brasil, são países continentais e viajar de um ponto ao outro, tanto em um como no outro, é indiscutível que as chances de conhecer melhor a verdadeira cultura daquela região, é bem maior quando você sai das rodovias e adentra nas comunidades a beira da estrada. Quem realmente faz isso, você? Nós temos a tendência de viajar a um destino e ficar nesta região, sem muito interagir com a cultura local.

Para conhecer a América, seja um viajante, não um turista, na verdade é um diálogo entre dois dos grandes jornalistas e escritores americanos que cruzaram os Estados Unidos de ponta-a-ponta e trás grandes dicas para os viajantes, neste livro.

Particularmente, já fiz algumas viagens de carro a partir de Nova York. Cada roteiro que escolhi, tive grandes surpresas, todas boas. Primeiro pela qualidade das estradas, segundo, a infraestrutura de restaurantes, hotéis e centros de informações aos viajantes, estão por todas as partes, o que facilita muito, se você não conhece a região

The Road Book” o livro, surgiu a partir de uma viagem de Philip Caputo de key West, na Florida até o Oceano Ártico, explorando todo o interior no percurso dessa jornada. Juntamente com William Least Heat-Moon, um aclamado escritor sobre viagens, como, “Blue High Ways“(Rodovias Azuis), “Here, there Elsewhere” entre outras obras primas para viajantes, travaram uma boa conversa sobre viagens que é melhor ser vista como contando os calsos de viagens. O papo é sobre a miscigenação da cultura americana que só pode ser conhecida se você realmente se embrenhar pelo interior deste país.

Mas o que isso interessa aos leitores do Blog? Bem, queria convidar a quem vem aos Estados Unidos para conhecerem um pouco do interior do país. O brasileiro, quase sempre chega às grandes cidades e não se interessam em conhecer nada além do que está ao alcance dos olhos. Mas existe um país lindo a pequenas distâncias das grandes cidades. Tudo o que você tem de fazer é pegar um carro e se aventurar nas altas estradas, que são as melhores do mundo. Além disso, não fiquem apenas highways, Saindo delas é onde estão paisagens maravilhosas e atrações desconhecidas porque não são divulgadas.

Veja algumas opções de atrações no interior da Nova Inglaterra. Há apenas uma ou duas horas de Nova York pela Highway I-95, você pode escolher uma das pequenas ou médias cidades desta região, e começar a explorar os outlets, casinos, restaurantes, museus, praias, estações de sky, se for inverno, e muito mais.

As pequenas cidades americanas, têm vida pacata, como as nossas pequenas cidades do interior do Brasil. É neste locais que você vai descobrir os melhores restaurantes e sem muito alvoroço, como os dos grandes centros. Os hotéis também são bem mais em conta e o serviço costuma ser melhor e mais personalizado, em muitos casos.

O que você como viajante ou turista, já conheceu ou gostaria de conhecer na América? Qual o roteiro pelo interior do pais que mais te impressionou, existe um?

 

 

 

 

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!