Viagens ao Exterior: A Fiscaliazação no Retorno com as Compras Estar mais Rígida a Partir de 2015

Se você planeja algumas viagens ao exterior para fazer compras, a partir de 2015, o seu retorno vai ter uma fiscalização mais rígida em todos os aeroporto do Brasil. A Receita Federal está implantando um novo sistema que não vai perdoar ninguém. E é bom ficar ligado para os valores e produtos que podem está na sua bagagem, e isentos dos impostos brasileiro. O que a receita quer é faturar em cima dos espertinho que insistem em comprar mais do que a cota permite.

Eletrônicos, roupa, sapatos e uma infinidade de objetos que são bem mais baratos lá fora do que no Brasil. Todos que viajam para o exterior sabem dessa facilidade e economia, ao comprar nos Estados Unidos, por exemplo. Mas não se deve exagerar, já que a partir de 2015, o governo estará de observando desde a sua partida do Brasil.

Agora as companhias aéreas irão passar as informações dos passageiros para a Receita Federal, de forma eletrônica, e mesmo antes deles desembarcarem nos aeroportos do país. Essas informações vão ajudar aos oficiais da alfândega a selecionar mais rápido, os que vão ter a bagagem vistoriada.

Viagens ao Exterior

Para serem selecionados, a Receita vai usar alguns critérios, como; o país visitado, o tempo de permanência, o tamanho das bagagens. Cruzando esses dados, eles também saberão se a pessoa já foi fragada antes. Um outro critério será o visual(facial), ou através de câmeras que serão colocadas em pontos estratégicos dos aeroportos.

Para que você não caia nesta malha fina, é bom saber que o valor isento de imposto que você pode comprar no exterior, é de $500. O que passar desta cota, deve ser declarado, e pagar 50% de imposto devido, sobre o excesso.

Assim seria a conta:

Você compra $1.000

Isento em $500

Paga imposto de 50% em $500 =$250

Se você não declarar e for pego, a sua economia foi pro saco. Pois suas compras sairão pelo dobro do preço. Assim fica a conta. Além de pagar imposto, vai pagar também multa de 50% dos produtos não declarados e, o que seria uma farra, será um dor de cabeça.

As viagens ao exterior para fazer compras, têm que ser bem calculada. Além desses impostos, o dólar está subindo bastante e deve chegar a 3×1 no decorrer de 2015. Cada vez mais encarecendo aqueles prazeres que uma boa parcela de brasileiros têm tido nos últimos anos.

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!