Privatização dos Aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília.

Nesta segunda-feira, dia 6 de fevereiro de 2012, a partir das 10 horas da manhã, será iniciados os trabalhos de privatização dos aeroportos de Guarulho, Viracopos e Brasília. É um marco histórico nessa caminhada que o país faz para melhorar os serviço de atendimento aos passageiros nestes três principais terminais da aviação civil. Se ocorrer como planeja o governo, serão arrecadado cerca de R$5.5 bilhões de reais com a privatização. Vale lembrar que estes três aeroportos juntos representam um terço da movimentação de passageiros no país e a metade das receitas geradas no setor aéreo. Vale lembrar ainda que este é um mercado gigante e em constante crescimento nos últimos ano. Não é atoa que 11 grupos interessados nesta concessão, estarão se enfrentando na batalha para ganhar o direito de administrar os maiores aeroportos do Brasil.


Os vencedores do leilão, irão ficar com 51% e o restante de 49%, ainda pertencerá a Infraero que administra todos os aeroportos do país na atualidade. Esse valor de 5.5 bilhões, é o montante mínimo previsto. Como existe a participação de grupos estrangeiros, é possível que esse valor seja ainda maior. Considerando também a fome desses mesmo grupos para investirem no Brasil, já que lá fora o momento é muito frágil pela crise nos USA e Europa.

Mas qual será mesmo os benefícios que estas privatizações irão trazer para o grande público que usa os aeroportos. Será que os devidos investimento serão mesmo feitos em tempo hábil para receber os prováveis torcedores que virão a Copa do Mundo de 2014. Mas também investimentos esses que necessita urgentemente ser realizados. Não somente nestes três aeroportos, mas em todos os demais terminais de passageiros do Brasil. A aviação comercial tem crescido a passos largos e o governo não tem feito as devidas melhorias para acomodar melhor quem chega e quem sai destes terminais. Desta forma, espera-se que com a concessão a empresas privadas, esses gargalos  sejam resolvidos de uma vez por toda. Isso só o tempo dirá.

O montante que vai para os cofres do Governo Federal, é uma quantia considerável. Mas qual será o destino desse dinheiro. O Governo tem uma programação para usar todo esse montante, ou ele terá um destino desconhecido como aconteceu com todo o dinheiro das privatizadões do final dos anos 90. Até hoje eu fico me perguntando, vendermos algumas das melhores empresas que pertenciam ao povo, ninguém sabe o que aconteceu com aquela montanha de dinheiro, mas uma coisa é verdade. Elas passaram a ser companhias lucrativas para os seu atuais propietários.

Vamos então considerar a possibilidade de esse dinheiro vir a ser investido no demais aeroporto os quais estão dentro do projeto de melhorias e ampliação visando os Jogos da Copa do Mundo de 2014. São um total de 12 cidades e todas elas estão na mesma situação. Além dos seus aeroportos, essas cidades também precisam de investimentos em mobilidades e infraestrutura de uma forma geral. Algumas são destinos turísticos  e as melhorias não estão ocorrendo da forma como deveria. Partindo desse princípio, com um montante de mais de 5 bilhões de reais, o Governo Federal terá um capital extraordinário para agilizar as obras que ainda não estão em andamento.

Sejam bem vindos no Viajando Online Blog, e façam uma boa viagem!