Pronto para Tudo: 9 Itens que Você Precisa Ter Sempre a Mão em uma Viagem Radical

Pronto para tudo: 9 itens que você precisa ter sempre a mão em uma viagem radical

Veja quais são os objetos obrigatórios para quem gosta de praticar atividades na natureza

Para algumas pessoas, viajar é sinônimo de compras, contato com a cultura urbana de outras cidades ou países, hospedagem em hotel sofisticado e um misto de elementos que estão relacionados a esse conceito de turismo.

Por outro lado, tem gente que gosta de associar viagem à aventura. Neste grupo, estão aqueles que gostam de acampar, entrar em contato com a natureza e desbravar territórios rústicos relacionados a posturas mais radicais.

Para cada perfil há um tipo de bagagem diferente. Nesse artigo, compartilharemos com você informações sobre os itens que não podem faltar na sua mochila se você é do grupo dos aventureiros que gostam de explorar o mundo natural.

1. Vestuário adequado

A versatilidade é a palavra de ordem na hora de colocar as roupas na bagagem. Leve em consideração que você caminhará bastante e, por isso, o peso da mochila não pode prejudicar seu desempenho.

Prefira roupas de tecidos leves e termodinâmicos. Assim, você evitará casacos volumosos e pesados e terá condições para se abrigar do frio e do vento com maior tranquilidade.

Adquira tênis confortáveis e impermeáveis. Você encontra modelos específicos de roupas e calçados para aventuras em lojas especializadas.

2. Bolsa térmica

Esse item é fundamental para guardar alimentos e bebidas. Prefira modelos compactos, dobráveis, com alças confortáveis, que possuem bolso frontal e textura antimicrobiana.

Se você pretende acampar por alguns dias, leve uma caixa térmica ou cooler. Deixe-os sempre dentro da barraca e protegidos do calor, umidade e ataques de animais. Restos de comida devem ser jogados em local apropriado. Mantenha a natureza sempre em equilíbrio.

3. Lanternas

Nem sempre há iluminação adequada em locais onde a natureza é predominante. As lanternas são muito úteis para auxiliar a procurar objetos na barraca, cozinhar e fazer caminhadas e trilhas noturnas.

Uma boa alternativa, além das lanternas convencionais, é o headlamp, pequeno objeto luminoso que fica preso à cabeça e deixa nossas mãos livres. Não deixe de levar pilhas extras para não correr o risco de ficar sem luz durante a viagem.

4. Capa de chuva

Nem todo mundo é fã de chuva, principalmente durante uma viagem radical. No entanto, é preciso estar preparado para todas as possíveis adversidades. Por isso, leve sempre uma capa de chuva resistente.

Outra dica é incluir na mochila uma anorak, blusa impermeável que impede a penetração da água e permite que o suor saia. Assim, você ficará seco por dentro e sem aquela sensação de calor excessivo.

5. Saco estanque ou saco plástico

Durante os momentos de chuva ou contato com água do mar, rio ou cachoeira, os sacos estanques são fundamentais para proteger seus pertences eletrônicos, roupas e alimentos.

Você pode encontrar esse tipo de material em lojas de artigos e acessórios esportivos. Mantenha os sacos longe de objetos perfurantes e produtos abrasivos. Isso evita a necessidade de novas compras e prolongam a vida útil do objeto.

6. Itens de higiene

Leve aquilo que você considera fundamental e de extrema necessidade, a fim de não carregar pesos e volumes sem motivo. Não se esqueça do papel higiênico, ele é fundamental para aqueles dias em que você estará longe de áreas urbanizadas.

O protetor solar é outro item que não pode faltar na sua necessaire. Além dele, inclua sabonete, xampu, condicionador, pente ou escova para cabelos, creme dental e escova de dente.

7. kit de primeiros socorros

Imprevistos relacionados ao mal-estar e pequenos acidentes podem ocorrer em qualquer situação. Por isso, nunca subestime o poder do kit de primeiros socorros. Ele nunca pode ser considerado como elemento supérfluo e dispensável.

Caso faça uso de medicamentos de uso contínuo, leve sempre uma quantidade a mais para que, caso haja algum imprevisto e você tenha que prolongar a viagem, não tenha que interromper o tratamento.

É sempre bom levar uma cópia da receita médica por questão de segurança. No kit, inclua antissépticos, ataduras, esparadrapo, antialérgicos, analgésicos, medicamentos para dor muscular, remédios para desconforto gástrico e soro fisiológico.

8. Repelente

Os mosquitos adoram regiões úmidas e lugares onde há predominância de vegetação. Acampamentos bivaques e selvagens atraem espécies variadas de sugadores que podem tirar nossa paz, principalmente se nosso sangue tiver aquele gostinho especial e chamativo.

Por isso, repelente nunca é demais. Você deve usar várias vezes durante o dia para garantir sua eficácia. Pesquise sobre o local para ver a espécie predominante de mosquito.

Dependendo de onde você for se aventurar, pode ser que os repelentes comuns não sejam adequados e será necessário providenciar uma fórmula mais apropriada ou produtos extremes, que duram por mais tempo.

9. Canivete

Esse objeto facilita nossa aventura. Ele possui mais funcionalidade do que a gente possa imaginar e sempre nos salva de diversas situações.

Imagine que você esteja no meio da natureza e, na hora de almoçar, precisa abrir um enlatado. A probabilidade de ter um abridor é quase nula.  Nesse caso, o canivete pode ser usado tranquilamente.

Ele também serve para cortar fios, cordas, descascar frutas, cortar alimentos, entre outras utilidades. Com pouco peso e de fácil transporte, esse item pode ser adquirido em lojas especializadas.

Sihouette of young family with luggage walking at airport, girl pointing at the window

Na hora de comprar, dê preferência aos modelos multifuncionais. Eles são compostos por diferentes lâminas que são usadas de acordo com as necessidades da ocasião.

Prepare a mochila e pé na estrada

Coloque os objetos de forma organizada para que você carregue sua mochila com maior conforto. Deixe os documentos, cartões, mapas e dinheiro em um compartimento protegido e de fácil acesso.

Transporte seus canivetes em uma bainha (capa protetora) para manter a durabilidade, evitar riscos e arranhões e proteger de possíveis impactos Aproveite sua viagem, desfrute do lazer e não se esqueça de manter o meio ambiente sempre limpo. Interfira o mínimo possível na natureza.

Sobre o autor: João Lucena

João Lucena foi Guia de Turismo, Agente de Viagens e proprietário de Agência de Viagem no Brasil. Mudou-se para os EUA ainda nos anos 80 e passou a atuar no setor hoteleiro e de restaurantes. Devido a paixão por viagens, dedica algumas horas diárias ao Viajando Online blog, trazendo dicas como; roteiros e destinos, promoções de passagens aéreas, hotéis, vistos de viagem e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.