Cidades Históricas do Brasil: Quais Você Gostaria de Conhecer?

As cidades históricas do Brasil são aquelas que deixaram de ser importantes economicamente, perderam a sua relevância do ponto de vista social, foram, de certa forma, relegadas ao esquecimento e, por isso mesmo, conseguiram manter o seu desenho arquitetônico mais ou menos intacto.

Dessa forma, cidades como Salvador (BA), Olinda (PE), Ouro Preto (MG), São Luiz do Paraitinga (SP), entre outros municípios, são exemplos de regiões tombadas como Patrimônio Mundial da Unesco, e que, devido à força do seu passado – quando chegaram a ser consideradas potências políticas, econômicas e culturais –, conseguem, muitas vezes, desbancar as mais belas praias brasileiras, consideradas sinônimos de turismo no país.

O objetivo desse artigo é fazer uma lista com as mais belas cidades históricas brasileiras. Algumas delas figurando como pontos turísticos reconhecidos internacionalmente.

Costa do Descobrimento, Porto Seguro, o primeiro contato dos portugueses com as terras brasileiras.

Principais cidades históricas do Brasil que você precisa conhecer 

Região Norte

1. Belém, Pará

Fundada no ano de 1616, a partir do Forte do Presépio (construído no ano da sua fundação), Belém deve o seu valor histórico, principalmente, ao “Ciclo da Borracha”, que, de certa forma, é o responsável pelo desenho arquitetônico dessa cidade com quase 1,6 milhão de habitantes.

2. Bragança, Pará

A 211 km da capital, Belém, Bragança chama a atenção pelas suas belas construções do século XVII, onde se destacam a Igreja de São Benedito, o Forte do Caeté, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, entre vários outros monumentos dessa região conhecida desde 1613, e que recebeu o status de “Vila de Bragança” em 1753.

3. Manaus, Amazonas

Para além de ser o paraíso das cachoeiras, cascatas, igarapés, matas de igapó e de uma fauna e flora incomparáveis, em Manaus há um imenso tesouro escondido na cidade: o seu “Centro Histórico”, que conta com riqueza de detalhes o período glorioso do Ciclo da Borracha no país.

4. Barcelos, Amazonas

O simples fato de Barcelos ter sido a capital de São José do Rio Negro (antiga denominação do estado do Amazonas), fundada em maio de 1758, já é motivo suficiente para elevá-la ao status de uma das principais cidades históricas do Brasil, caracterizada pelos seus vários Parques de Preservação Ambiental.

5. Santarém, Pará

Se não bastasse o fato de ser o local onde ocorre o famoso “Encontro das Águas” entre os rios Tapajós e Amazonas, Santarém, cidade localizada a 708 km de Belém, desde o início do século XIX é uma das protagonistas de um curioso movimento de emancipação que pretende elevá-la à condição de capital do estado de Tapajós.

Região Nordeste

1. Salvador, Bahia

Agora estamos falando da primeira capital do Brasil, a cidade de “São Salvador da Bahia de Todos os Santos”, fundada em 1549, e que evidencia beleza do seu desenho arquitetônico, claramente inspirado na capital portuguesa (Lisboa), onde destaca-se a pujança cultural da região do Pelourinho.

2. Porto Seguro, Bahia

O que dizer do local onde os colonizadores puseram os pés pela primeira vez em solo brasileiro? Essa é, resumidamente, a história da cidade de Porto Seguro, que ainda preserva os vestígios desse período, principalmente na região de Santa Cruz Cabrália, a famosa “Costa do Descobrimento”.

3. Olinda, Pernambuco

Em 1535, foi fundada a antiga capital de Pernambuco, que até hoje guarda os sinais do período colonial, principalmente em sua arquitetura, que, desde 1982, é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, e bem representada pelo Mosteiro de São Bento e a Igreja do Carmo.

Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, Olinda é um dos cartões-postais do Brasil.

4. São Luís, Maranhão

São Luís do Maranhão é famosa por abrigar o maior acervo de azulejos portugueses em uma cidade das Américas, e cerca de 4 mil casarões – na sua maioria em estilo neoclássico –, como o Palácio dos Leões, o Convento das Mercês, o Teatro Artur Azevedo, entre outras construções dos séculos XVIII e XIX.

5. São Cristóvão, Sergipe

Entre os principais motivos de orgulho dos São-Cristovenses, além do fato de ser tombada como Patrimônio Histórico Nacional, está o fato de ter sido a quarta cidade fundada em solo brasileiro, no ano de 1490, e a capital do estado de Sergipe até 1855, quando perdeu seu posto para Aracaju.

Fundada em 1490, São Cristóvão já foi capital do estado do Sergipe até 1855, perdendo o posto para Aracaju.

Região Centro-Oeste

1. Pirenópolis, Goiás

Tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desde o final dos anos 1980, Pirenópolis, fundada em 1727, está visceralmente ligada à época da mineração no país, e hoje se gaba de ser mundialmente conhecida pelas suas tradições folclóricas.

Pirenópolis é conhecida mundialmente por suas tradições folclóricas.

2. Corumbá, Goiás

Outra cidade que guarda as marcas do ciclo da mineração no país, Corumbá, fundada em setembro de 1730, é internacionalmente conhecida pelas suas inúmeras construções do período neoclássico, suas ruas de pedras portuguesas, além de ser muito procurada por praticantes do ecoturismo.

3. Cáceres, Mato Grosso

A antiga “Vila Maria do Paraguai”, é uma das cidades históricas brasileiras com o passado mais original, já que surgiu da divisão da América do Sul entre Espanha e Portugal (Tratado de Madrid), em 1754.

Hoje, Cáceres é conhecida pelas suas casas de engenho tombadas pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

4. Goiás Velho, Goiás

Antes conhecida como “Cidade de Goiás”, a antiga capital de Goiás até o final dos anos 1930 também tem sua história ligada ao “Ciclo do Ouro” no século XVIII.

Hoje, como Patrimônio Histórico da Humanidade, Goiás Velho é considerada uma das principais cidades históricas do Brasil.

5. Corumbá, Mato Grosso do Sul

Fundada em torno do Forte Coimbra (o grande patrimônio da região), Corumbá possui uma história riquíssima, já que surgiu da divisão entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, como uma espécie de fronteira para a proteção contra futuras invasões de sua vizinha.

Região Sul

1. São Miguel das Missões, Rio Grande do Sul

São Miguel das Missões é a cidade que guarda os maiores vestígios das missões jesuíticas do século XVII em território brasileiro.

As Ruínas de São Miguel Arcanjo é considerada o principal sítio arqueológico a contar essa história, e, por isso mesmo, é tombada como Patrimônio Histórico da Humanidade.

2. Lapa, Paraná

A cidade da Lapa é mais conhecida por ter sido o palco da famosa “Batalha do Cerco da Lapa”, durante a Revolução Federalista (contra a instituição da República). No entanto, a sua história remonta a meados do século XVIII, quando foi fundada por tropeiros, que deixaram estampadas as marcas da sua passagem pela região.

3. Antonio Prado, Rio Grande do Sul

Em 1886 foi fundada a “cidade mais italiana do Brasil”, bem representada pelo seu desenho arquitetônico inconfundível e visível em suas quase 50 construções tombadas como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, como o Museu Municipal, a Igreja Matriz, entre outros prédios semelhantes.

4. Laguna, Santa Catarina

A cidade de Laguna, hoje com 45 mil habitantes, foi fundada em fins do século XVII, em um dos históricos embates entre Portugal e Espanha pelas terras demarcadas pelo Tratado de Tordesilhas.

É conhecida por ter sido um dos palcos da famosa Revolução Farroupilha, que teve, entre os seus ilustres combatentes, figuras como Giuseppe e Anita Garibaldi, Joaquim Teixeira Nunes, entre outros.

Laguna foi fundada em fins do século XVII e serviu como palco da famosa Revolução Farroupilha.

5. Antonina, Paraná

Na região portuária do Paraná, a 80 km de Curitiba, cercada pela Baía de Paranaguá e a Serra do Mar, eis outro exemplo de cidade erguida graças à pujança da extração do ouro no Brasil do século XVIII.

Seu desenho arquitetônico é um retrato desse período, cujo símbolo principal é a Igreja de Nossa Senhora da Paz, erguida no ano de 1714.

Região Sudeste

1. Ouro Preto, Minas Gerais

Um dos cartões-postais do Brasil, Ouro Preto, antiga capital mineira, também tem suas raízes ligadas ao “Ciclo do Ouro” no país.

Ganhou o status de Vila em 1698, e hoje é tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, graças a construções como a Igreja Nossa Senhora do Carmo, a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, entre outras.

Um dos cartões-postais do Brasil, Ouro Preto possui raízes ligadas ao “Ciclo do Ouro” no país.

2. São João Del Rei, Minas Gerais

São João Del Rei é uma das cidades que melhor guardam os vestígios da colonização portuguesa no país. Chama a atenção a riqueza das suas igrejas, como a Nossa Senhora das Mercês e a Igreja de São Francisco de Assis, onde o ouro é o grande destaque.

3. Petrópolis, Rio de Janeiro

A história conta que, embevecido com o clima da cidade (bastante agradável para a realidade brasileira), o último Imperador do Brasil, Pedro II, instalara-se ali, tornando a cidade um dos principais destinos para o turismo histórico no país. O palácio onde viveu Dom Pedro II hoje abriga o famoso “Museu Imperial”.

A cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro, na virada do século XX.

4. São Luiz do Paraitinga, São Paulo

São Luiz do Paraitinga foi fundada no ano de 1769, e, mesmo após as terríveis enchentes que assolaram a região em 2010, ainda guarda o charme de uma típica vila do século XVIII, com seu desenho arquitetônico neoclássico, as ruas estreitas e com pedras portuguesas, além da sua tradição folclórica inconfundível.

5. Paranapiacaba, São Paulo

Paranapiacaba é um termo tupi-guarani que significa “lugar de onde se avista o mar”. A sua história é mais recente, e está ligada à saga das grandes estradas de ferro construídas no país em meados do século XIX, especificamente a estrada Santos-Jundiaí, finalizada em 1867, e hoje um dos pontos turísticos da região.

Essa foi a nossa lista com as principais cidades históricas do Brasil. Gostaríamos de conhecer a sua lista com as cidades históricas que você conhece no Brasil. Deixe seu comentário logo abaixo. E continue acompanhando as nossas publicações.

Sobre o autor: João Lucena

João Lucena foi Guia de Turismo, Agente de Viagens e proprietário de Agência de Viagem no Brasil. Mudou-se para os EUA ainda nos anos 80 e passou a atuar no setor hoteleiro e de restaurantes. Devido a paixão por viagens, dedica algumas horas diárias ao Viajando Online blog, trazendo dicas como; roteiros e destinos, promoções de passagens aéreas, hotéis, vistos de viagem e muito mais.

Deixe o seu comentário